Quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Campanha Salarial

  • Campanha Salarial 2016 / 2017

    NÃO DÁ PARA ESPERAR! QUEREMOS REPOSIÇÃO SALARIAL E REAJUSTE JÁ!
    + VALORIZAÇÃO    + RESPEITO     + DIGNIDADE    + CONDIÇÕES DE TRABALHO

    SERVIDORES! Ao todo, somos cerca de 4 mil funcionários públicos e os trabalhadores presentes nas assembleias realizadas pelo Sindserv na Costa Norte, na Costa Sul e no Centro, de 27 a 29 de março, definiram a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2016/2017 que foi protocolada na Prefeitura e na Câmara para cobrar os direitos da categoria. 
    Queremos a reposição das perdas salarias que chegam a 20%, o reajuste da inflação que está projetado em 7,72%, entre outros direitos que vêm sendo cortados ao longo dos anos.

    ATENÇÃO! Vamos definir juntos a proposta final da categoria, na assembleia que será realizada dia 19 de abril (quarta-feira), na sede central do Sindserv, com primeira chamada às 17h e segunda chamada às 18h. No ofício, o Sindserv solicita que o prefeito se posicione e agende uma reunião com o Sindicato antes da data da assembleia.

    PROPOSTA APROVADA NAS ASSEMBLEIAS: CAMPANHA SALARIAL

    - 27,72% = 20% DAS PERDAS SALARIAIS + 7,72% DE REAJUSTE

    - Reajuste do Vale Alimentação!

    - De R$ 93 (funcionários celetistas) e de R$ 240 (estatutários) 

    - Para R$ 400 

    - Extensivo a todos os trabalhadores.

    - Reajuste do Vale Refeição!

    - De R$ 16 (estatutários) 

    - Para R$ 32 por dia

    Extensivo aos professores, aos servidores que trabalham em escala e à Fundação de Saúde Pública de São Sebastião. 

    Vale Transporte pago em dinheiro junto com as demais remunerações dos servidores 

    Equiparação das Tabelas de Referência Salarial.


    CAMPANHA SOCIOECONÔMICA

    Para garantir condições de trabalho dignas aos funcionários púbicos, a categoria também definiu a proposta socioeconômica:

    Fim do assédio moral

    - Que todos os servidores tenham Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), uniformes e identificações adequadas

    - Melhores condições dos mobiliários 

    - Retorno imediato dos adicionais de insalubridade, periculosidade e risco atividade.

    - Transparência nas contas do Fundo de Aposentadoria e Pensões dos Servidores de São Sebastião (Faps) com a criação e divulgação de informativo mensal 

    - Fim da terceirização dos serviços municipais

    - Criação do Plano de Cargos, Carreira e Salários para toda a categoria 

    - Implantação dos estatutos do Magistério e da Guarda Civil Municipal (GCM), de acordo com Lei Federal

    - Para evitar o surgimento de entidades que visam apenas o lucro e não representam a categoria, que a administração faça a cobrança do Imposto Sindical e o repasse ao Sindserv, na qualidade de representante legal dos servidores.


    “Não recebemos a reposição da inflação em sua totalidade desde 2013, em 2014 foi 0% de reajuste salarial. Todas as reivindicações são elaboradas com base em índices de institutos de pesquisa para garantir a dignidade e o sustento do trabalhador. Com R$ 93 não dá para passar o mês nem ‘a base de miojo’. É lastimável. Hoje temos trabalhadores que o salário base está menor que o salário mínimo”, afirma a presidente do Sindserv, Audrei Guatura.

    “Somos cerca de 4 mil servidores e o que queremos é valorização e respeito. Tivemos muitas lutas, manifestações e paralisações nos últimos anos para exigir nossos direitos e mostramos que os funcionários públicos têm força e têm voz. Queremos que o prefeito cumpra o compromisso que assumiu com o funcionário público durante a campanha”, ressalta a presidente do Sindserv.